Você sabe o que é plano de saúde com coparticipação? Confira nossas dicas e saiba se essa é a melhor opção para sua família ou empresa!

O tema saúde é uma das principais preocupações para os brasileiros. Segundo o Datafolha, 23% da população considera esse o pior problema social do país. Como consequência, 40 milhões de pessoas optaram por modalidades de planos de saúde que pudessem atendê-las dentro de suas necessidades e condições econômicas. E entre as opções mais escolhidas está o plano de saúde com coparticipação.

Mas você sabe qual a diferença entre um plano de saúde comum e um plano de saúde com coparticipação? Confira abaixo os principais detalhes e entenda se essa é a melhor opção para o seu caso.

Plano de saúde com coparticipação: o que é

Lançado para atender as necessidades do mercado, o plano de saúde com coparticipação é uma modalidade onde o usuário paga, além da mensalidade, uma parte das despesas pelo atendimento ou procedimentos.

Sendo um plano de saúde mais em conta quando comparados aos planos de saúde tradicionais, essa modalidade tem atraído cada vez mais a atenção do público pessoa física e, principalmente, empresarial.

Assim como o plano de saúde tradicional, o plano de saúde com coparticipação também permite acesso a diversos procedimentos, como exames, internações e outros. A principal diferença é que o usuário pagará uma porcentagem por cada procedimento realizado. Contudo, a ANS (Agência Nacional de Saúde), estabeleceu regras que fixam valores máximos a serem cobrados pelas operadoras.

o que é plano de saúde com coparticipação

Como funciona o plano de coparticipação

Uma das principais dúvidas sobre os planos de saúde com coparticipação é sobre os valores que podem ser cobrados conforme os tipos de procedimentos.

Ela pode se aplicar a um único tipo de procedimento como, por exemplo, acesso ao pronto-socorro, exames, internações e até mesmo para atendimento com nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e outras terapias.

Uma das principais dúvidas sobre os planos de saúde com coparticipação é sobre os valores que podem ser cobrados conforme os tipos de procedimentos.

Para contratos Co participativos, o valor da contribuição não é pago direto ao prestador do serviço. Esse custo é descontado por meio de fatura emitida pela operadora direto à empresa que, por sua vez, repassa o desconto no holerite do colaborador.

 

Vale a pena contratar um plano de saúde com coparticipação?

Se para empresas essa é uma opção que permite reduzir custos e conscientizar o colaborador sobre a necessidade de utilizar corretamente determinados procedimentos, como o pronto-socorro, para pessoas físicas os planos de saúde com coparticipação precisam de um olhar mais cuidadoso.

Isso porque, para aqueles que necessitam de procedimentos rotineiros, o custo total pode ser maior – ainda que a mensalidade seja menor.

O ideal, em qualquer caso que envolva a aquisição de um plano de saúde empresarial ou familiar, é conversar com um corretor de confiança para que o custo-benefício seja avaliado e, assim, contratar a melhor opção conforme as próprias necessidades.

E então, entendeu o que é o plano de saúde com coparticipação? Aproveite para saber ainda mais sobre os planos de saúde em geral!

Que tal saber qual a melhor opção para você ou sua empresa? Envie agora mesmo um e-mail para comunicacao@dorconsultoria.com.br.